Tag Archives #blogfelizpornada

A possibilidade do nada

by

Desde muito cedo aprendi que o trabalho é o que deveria mover nossa vida. Sempre tive duvidas, mas aceitei isso e não me arrependo. Aos 21 comecei a trabalhar e antes disso sempre fui muito dedicado aos estudos. Aos 23 me tornei workaholic. Fiquei viciado no trabalho. Hoje entendo como uma canalização criada inconscientemente por todas ...

Amor que acontece

by

Ele tem um jeito de andar estranho, mas tem uma bundinha tão linda. Ela tem os dedos dos pés bem magros e esquisitos e é dona de um sorriso contagiante. Ele deixa a toalha molhada sobre a cama, não adianta falar, parece que faz para me provocar; mas aquele beijo de despedida com gostinho de café antes ...

Que graça tem a vida?

by

Pergunta simples para os otimistas e demasiado complexa para os pessimistas. Já para os filósofos, a vida, não tem definição única. Temos quase que por obrigação, ou quem sabe esteja na nossa essência, o buscar... O buscar sentido para a vida e ao mesmo tempo que viver é maravilhoso - precisamos encontrar os porquês. Criamos ...

Eu só queria ficar com você

by

Sabe aquele passeio na praia, nossas mãos dadas e o silencio compreensivo entre nós? Faz uma falta danada. O primeiro risoto que fiz pra você foi de “funghi”, seu preferido e eu nem sabia. Quantas garrafas de vinho! Foi inesquecível aquela noite na boate quando eu puto da vida te perguntei: - Você está me vigiando? E você pegou minha ...

Sonhos de plastico

by

Caos… A cidade está tomada. Poucos são destemidos suficientes para sair a ruas, é preciso, ficar trancado em casa por tempo indeterminado, mesmo não sendo plausível. O rapaz magro e alto, corajoso saiu de seu pequeno apartamento próximo a Avenida São João… A cidade parecia um pandemônio, pessoas escondidas, encolhidas nas calçadas, nos buracos escuros. ...

33 abraços

by

Quando olho para mim mesmo posso ver cores que quase ninguém consegue ver... são as cores do caráter que se forma, que se transforma, que se entende e se desentende consigo mesmo todos os dias numa fuga consciente da tolice profunda, do medo da tolice que me faz rir, me faz esquecer... esquecer e continuar. ...

Subentendido

by

Já havia cogitado temer aquela sessão no supermercado… Ontem estive lá… Impossível não visualizar a cena diante de mim… Você lá. Tivera eu coragem de te escrever uma carta expressando essa bagunça que reina em mim todas as vezes que penso em você. Não tenho. Você não estava lá, que agora é passado... Foi-se... estava lá, mais ...

Doroth

by

Diziam que Doroth era ele. Mas Doroth, não se sentia ele. Era ela. Sentia-se ela. Desde que abriu os olhos. O pai colocava o então menino para jogar futebol e vestia-o de wazul. Ele enquanto ela, brincava de boneca escondida e, quando maior, pintava-se com as maquiagens da mãe. A hora de responder a chamada ...

Divertida tristeza

by

Interessante como existem filmes que parece que só assistimos em momentos oportunos da vida da gente. Muitos sites tem a mania de selecionar  filmes para serem vistos por determinadas profissões. Não faz muito tempo peguei uma lista que sugere 21 filmes que todo estudante de psicologia devia ver, pasmei; já havia visto a maioria e ...