Faltou tempero…

by

Uma vez me disseram:

Falta tempero…

“Claro que falta”… “Falta açúcar, pimenta, falta você; o principal”.

Pensei, mas não respondi, não era preciso.

Isso me foi escrito por mensagem de whatsapp, em dias em que os momentos eram difíceis. Incapacitado de distribuir minhas alegrias de costume, em rompante de treva e meia luz. Quando eu não me parecia… Estava deprimido numa profundidade tão obscura que caí de cama. A mim foi dito:

Falta tempero…

Claro que faltou, os meus tinham acabado… Era a hora de você temperar. Mas como se te falta emoção. Você não quis nem se arriscar… Você precisava avisar. O momento era o mais propicio para isso…

Faltou tempero, coragem, querer e dedicação. O amor pedia uma chance: pegue-me pela mão, não é hora de dançar; vamos caminhar. Só que estava em falta a minha ousadia de não sentir medo; minha euforia impulsiva e contagiante. Por sorte, por Deus, não me entreguei. Um pé aqui – outro lá. Começou errado, o final era certo. Nosso fim e a “barra” que enfrentei enquanto você viajava; com toda certeza do mundo – você não conseguiria segurar.

No momento oportuno fiz bem e disse:

– Não dá!

Comentários

comentários

No tags 1