A vida é um susto

by

As pessoas malham, fazem dieta saudável e postam nas redes sociais “tá pago”, como se fosse uma obrigação pública ou como se alguém se importasse. Pregam o bem, fazem o mal… 

Vão a festas, baladas, se drogam, se amam de forma líquida e transam; no dia seguinte não lembram os nomes com quem se deitaram. Se faz de tudo, arrisca-se o tempo todo e de repente: partimos. Vem um vírus novo e acabou, acabamos. Sem volta, despedida ou aviso prévio. Fica para trás o orgulho, a soberba, a ironia (minha favorita), a ambição, os amores. Ficam os vestígios de uma vida para que alguém se desfaça. Só se é eterno enquanto a última pessoa que você conviveu ainda existir. 

E então, nasce a pergunta: o que realmente vale a pena? Um sorriso? Um orgasmo? Uma viagem? Vários dígitos na conta bancária? A própria vida?

A raça humana frágil esquece disso. Que não se tem definitivamente o poder de controlar nada é sabido, mas se tem a pretensão, é fato. Vide as pessoas ansiosas. Vivem querendo certezas, construíndo castelos de ilusões e suas falsas necessidades… como se a vida fosse um castelo de areia com hora marcada para desabar. 

Se é feliz, até que alguém que se ama fica doente. E entre a vida e morte lutam pela vida, pela continuação, por permanecer. A vida é um susto, se chega de repente e se vai embora sem avisar. Existem momentos de desespero. E esses surtos servem para lembrar a vulnerabilidade humana. 

Você tem uma avó, que ama, cresceu com ela te mimando… A mesma que deixava você dormir no quarto dela quando tinha medo da madrugada, de repente ela infarta, sem grandes motivos e você se sente o ser mais fraco e assustado do mundo.  Como se sentir terráqueo quando a falta de humanidade das pessoas não entende que é preciso ressignificar a existência na Terra. Faz parte da consciência só a felicidade fazer sentido, ela e sua pluralidade. É preciso de mais calma, de tranquilidade, da paz que só cada indivíduo pode carregar no coração. Sua paz te tranquiliza ou e enche de culpa? 

Diante dessa pandemia do Covid 19 não deixem de lavar as mãos, a gente vai, os vírus se transformam e ficam… Nessa vida todo resto é passageiro, por isso, aproveite a estada!

Comentários

comentários

No tags 0